Some updates about the #POBPOETRY project // Algumas atualizações sobre o projeto #POBPOETRY

I still have to answer users who commented in the post about the Project POB POETRY, I hope to do this today, but regardless, I see that it is necessary to make a post to update the theme.

It seems like I didn't have much luck in timing where I decided to announce the project idea, and securing a reward that I thought I could give and won't be able to. Or rather, I could. But it appears that there have been some changes to the POBleus project and now the trustees do not have full control over their voting power. This was decided between the project owners to avoid repeating votes for the same (supposedly preferred) users forever. Even though my project goes to the opposite extreme of this problem (since I promised to vote 100% on whoever uses the #pobpoetry tag when posting an authorial content of poetry/free expression/written art, etc), I would cast my vote total for those who risked and not for "no one preferred". And that would generate a 33% vote from @proofofbrainio, but I can't promise that anymore as our curatorship is monitored.

That's the bad point. But the good news is: Poetry never needed anyone's approval or anyone's money. LOL. Poets are always the fuckers with the mind and the money. Then fine. We followed the journey. Anyone who wants to continue using the #pobpoetry tag can be sure they will have my 100% vote (which, without the administrator's curation, is around 1.5 POBS), and will also be reblogged whenever possible. I also think about making a weekly selection with the best writings of the project and re-posting. Anyone interested in feeding the project, follow along. Time is the best healer. We are doing our part. The focus remains the same: Author content, true, yours, pure.

Thanks for reading and attention!


Source

Thômas Helon Blum

SEPARADOR-DE-TEXTO-1.png

Eu ainda estou devendo responder os usuários que comentaram no post sobre o Projeto POB POETRY, espero fazer isso ainda hoje, mas indiferente disso, vejo que é necessário fazer um post de atualização do tema.

Parece que não tive muita sorte no timming em que decidi anunciar a ideia do projeto, e garantindo uma recompensa que eu pensei que poderia dar e não poderei. Ou melhor, eu poderia. Mas parece que houve algumas mudanças no projeto do POBleus e agora os curadores não tem total domínio sobre seu poder de voto. Isso foi decidido entre os responsáveis do projeto para evitar votos repetidos para sempre os mesmos usuários (supostamente preferidos). Ainda que meu projeto vá ao extremo oposto desse problema (já que eu prometi votar 100% em quem usar a tag #pobpoetry ao postar um conteúdo autoral de poesia/livre expressão/arte escrita, etc), ou seja, eu iria dar meu voto total para quem arriscasse e não para "nenhum preferido". E isso geraria um voto de 33% do @proofofbrainio, porém, já não posso mais prometer isso, dado que nossa curadoria está monitorada.

Esse é o ponto ruim. Mas, a boa notícia é que: Poesia nunca precisou de aprovação de ninguém e nem de dinheiro de ninguém. LOL. Os poetas são sempre os fodidos da mente e do dinheiro. Então, tudo bem. Seguimos a jornada. Quem quiser continuar utilizando a tag #pobpoetry pode ter certeza que terá meu voto de 100% (que, sem a curadoria do administrador, fica em torno de 1,5 POBS), e também será reblogado sempre que possível. Penso ainda em fazer uma seleção semanal com as melhores escritas do projeto e re-postar. Quem estiver interessado em alimentar o projeto, segue junto. O tempo é o melhor curador. Estamos fazendo nossa parte. O foco continua o mesmo: Conteúdo autoral, verdadeiro, seu, puro.

Obrigado pela leitura e atenção!


Source

Thômas Helon Blum


H2
H3
H4
3 columns
2 columns
1 column
8 Comments